O que é a Constelação Familiar

Quando alguém decide conhecer o CAMINHO da Constelação Familiar, algo dentro de si está em movimento, provavelmente, a algum tempo.

Repare que usei o verbo decidir. Trata-se de uma decisão interna, uma decisão solitária que vem de algum lugar dentro de si, talvez de uma necessidade de apaziguamento, de reconciliação, compreensão, de sentir-se inteiro(a).

Para além de variados conceitos e interpretações, a Constelação Familiar é uma vivência pessoal.

“O milho, para ser pipoca, passa pelo fogo.”

Poderia escrever toda a teoria e embasamento deste trabalho, no entanto, os livros escritos pelo criador da Constelação Familiar, o alemão Bert Hellinger, estão disponíveis e acessíveis aos que queiram aprofundar-se na teoria.

Como tudo na vida, o trabalho da Constelação Familiar, também evoluiu, cresceu, o próprio criador, Bert Hellinger, observou e compilou esta evolução.

Com isso, ao procurar pelo trabalho, as pessoas se deparam com as leis ocultas que regem os RELACIONAMENTOS, também conhecidas como ORDENS DO AMOR.

Constelação Familiar trata dos RELACIONAMENTOS. Todos eles.

Cada constelador(a) imprime sua forma de trabalhar com base em sua FORMAÇÃO, vivências pessoais e experiência em atendimentos.

A base deste trabalho é a observação de como as Ordens do Amor atuam no cliente e em sua família de origem e, reverbera nas relações amorosas, no trabalho, na profissão, na saúde, dinheiro, prosperidade, entre tantos outros aspectos.

Isso se mostra no atendimento individual e atendimentos nos grupos, onde emerge e pode ser vista, percebida, sentida.

Compreender as Ordens do Amor, pede a quem procura pela Constelação Familiar, disposição interna e abertura para uma nova POSTURA diante dos acontecimentos na família.

Esta nova POSTURA abrange a concordância, o assentimento de que os membros da família são como são, não temos como “consertar” o passado, no entanto, podemos incluí-lo. Quando fazemos a inclusão de pessoas, acontecimentos, podemos sentir alívio e leveza.

E então, a vida flui. A Constelação Familiar, olha para a frente…

Quem trouxe uma questão para a Constelação Familiar conhece esta sensação de alívio e leveza.

Este trabalho tem como grande aliado, o TEMPO. Um tempo que não está sob o controle de ninguém.

Tempo necessário para que as ORDENS do AMOR atuem.

O ser humano tem a necessidade de entender, criar formas, explicações, de modo a atender a racionalidade sedenta.

A Constelação Familiar tem bases sólidas, inclusive científicas, entretanto, acontece no campo fenomenológico.

Depois de todo este texto, a pergunta é:

O QUE É A CONSTELAÇÃO FAMILIAR?

Eu respondo: Um caminho de possibilidades…

Entre tantas possibilidades, estão as de: crescimento pessoal, apaziguamento interno, autoconhecimento, retorno ao seu lugar dentro da família e no mundo, alívio e leveza nas questões íntimas e pessoais, confiança na Força Criadora e Criativa que tudo sabe, tudo rege e que se alegra conosco.

Reafirmo: O MILHO, PARA SER PIPOCA, PASSA PELO FOGO.


Elaine Leal Carvalho
Terapia Transpessoal e Constelação Familiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − oito =